Comprei esse livro em fevereiro e até então nunca tinha lido pois não é o gênero que curto muito,  comprei por causa da capa, sim eu julgo um livro pela capa para comprar, nunca tinha lido um livro de terror e me supreendi muito principalmente por ser o primeiro livro do autor.

Uma criatura que não pode ser vista pois tem a capacidade de enlouquecer e fazer quem as olham cometer ações violentas de suicídio.
Quando esse assunto começou a ser relatado na mídia algumas pessoas não deram muita atenção principalmente Malorie,  quando tudo começou ela tinha acabado de descobrir que estava grávida e vivia com sua irmã Shannon que já havia se previnido tampando todas as janelas com cobertores e trancado as portas pois deu crédito as notícias, mas mesmo com todo o cuidado acabou morrendo de forma trágica depois de ter visto a criatura através de um vão na janela pelo menos é isso que Malorie acha que aconteceu, agora está sozinha e grávida.
Através de um anúncio vê que tem uma casa em Riverbridge onde estão abrigando sobreviventes é o único lugar que pode arriscar ir para sua segurança e a do bebê. Muitas coisas acontecem daí em diante,  ela passa quatro anos nessa casa pois precisava treinar a Menina e o Garoto para ouvir e poderem ir para um lugar mais seguro que fica a uns trinta quilômetros do rio que passa atrás da casa, com a ajuda dos filhos entrará nessa "aventura" para sobreviver com olhos vendados e ouvidos atentos.

O autor trabalha a história de Malorie no presente e no passado onde conheceremos cada detalhe dessa trama que deixa qualquer pessoa com medo de abrir os olhos, a história é muito envolvente a vontade de saber como tudo irá terminar, se no fim todo mundo morre como na maioria dos filmes de terror ou se o principal sobrevive mas isso você só descobrirá lendo.
Admito que esperava um pouco mais do final da história,  pois o livro foi emocionante em todas as páginas só o "grand finale" que na minha opinião poderia ter sido na mesma pegada mas não me arrependo e super recomendo.


Deixe um comentário